Aspectos positivos e negativos da globalização

 

A globalização é um fenômeno moderno que surgiu com a evolução dos novos meios de comunicação cada vez mais rápidos e mais eficazes e ultimamente vem sendo analisado e discutido entre estudantes e líderes evangélicos e, na maioria das vezes apenas seus aspectos negativos são abordados. Há, no entanto, aspectos tanto positivos quanto negativos na globalização.

 

No que concerne aos aspectos negativos há a referir à facilidade com que tudo circula não havendo grande controle como se pode facilmente depreender pelos atentados de 11 de Setembro nos Estados Unidos da América. Esta globalização serve para os mais fracos se equipararem aos mais fortes, pois tudo se consegue adquirir através desta grande auto estrada informacional do mundo que é a Internet.

 

A mídia ainda tem destacado as manifestações antiglobalizantes em todo o mundo, geralmente feitas por pessoas que vivem em países de primeiro mundo e, portanto, as mais beneficiadas economicamente com a globalização. Fala-se no aumento da pobreza, do desemprego, do domínio de marcas e patentes, da dominação comercial de sementes para o plantio, etc. como os grandes causadores das crises mundiais. Outro dos aspectos negativos é a grande instabilidade econômica que se cria no mundo, pois qualquer fenômeno que acontece num determinado país atinge rapidamente outros países criando-se contágios que tal como as epidemias se alastram a todos os pontos do globo como se de um único ponto se tratasse.

 

Os países cada vez estão mais dependentes uns dos outros e já não há possibilidade de se isolarem ou remeterem-se no seu ninho, pois ninguém é imune a estes contágios positivos ou negativos.

 

Como aspectos positivos, temos sem sombra de dúvida, a facilidade com que as inovações se propagam entre países e continentes, o acesso fácil e rápido à informação e aos bens. Com a ressalva de que para as classes menos favorecidas economicamente, especialmente nos países em desenvolvimento, esse acesso não é "fácil" (porque seu custo é elevado) e não será rápido. As pessoas estão cada vez mais descobrindo na Internet uma maneira rápida e eficiente de entrar em contato com pessoas de outros países ou, até mesmo, de conhecer aspectos culturais e sociais de várias partes do planeta. Junto com a televisão, a rede mundial de computadores quebra barreiras e vai, cada vez mais, ligando as pessoas e espalhando as idéias, formando assim uma grande Aldeia Global.

 

ASPECTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DA GLOBALIZAÇÃO EM TÓPICOS:


Positivos:

- aproximar pessoas através de sites de relacionamento;

- informações mais rapidamente e em tempo real;

- ajuda em pesquisas escolares;

- mais idéias e notícias a serem trocadas entre as pessoas mais do que em qualquer momento da história humana;

- mais pessoas têm sido capazes de organizar protestos simultâneos em todo o mundo.

Negativos:

- destruição criadora que fez com que muitos empregados fosse substituídos por máquinas de alta tecnologia ou computadores;

- a predominância do idioma e da cultura dos EUA;

- desaparecimento de muitas línguas tribais locais ao longo de todo o mundo;

- a globalização corporativa onde o critério dominante é a rentabilidade financeira;

- ausência do convívio familiar pelos adolescentes, crianças e adultos que passam horas em frente ao computador;

- os crimes virtuais comandados por presidiários;

- os crimes de pedofilia, de racismo, etc.

globalização e cidadania

 

Como sabemos a globalização têm alguns aspectos negativos. A exclusão social, que vem do mundo globalizado onde muito se concentra nas mãos de poucos, e a mistura de culturas, são alguns deles. È preciso saber lidar com essas conseqüências, e é ai que entra a cidadania. Portanto é ser solidário com os outros, para tentar mudar essa desigualdade social. E respeitar as outras culturas. São ações fundamentais para vivermos de forma étnica nesse mundo globalizado.

Segue o texto dos ditadores da resenha:

Globalização: Que fenômeno é esse?

A globalização nada mais é do que uma interação dos grupos humanos nos aspectos econômicos, sociais, culturais e políticos. Essa interação deve-se muito ao avanço tecnológico em vários campos, um bom exemplo é a velocidade com que as informações transitam atualmente, graças aos rápidos meios de comunicação existentes no nosso planeta. A internet trouxe um vasto campo de conhecimento para os seus navegadores de todas as partes do mundo, havendo uma nova visão de mundo mais dinâmica e interativa. A globalização trouxe muitos aspectos, tanto positivos como negativos. Os aspectos negativos têm sua maior intensidade na camada da população mais carente, já que nem todos podem usufruir desse beneficio. Enquanto os aspectos positivos “sobram” para os privilegiados da sociedade, que o utilizam para enriquecer ainda mais suas fortunas, investindo nos países pobres ou colocando suas linhas de produção nesses mesmos países.

 

 

 

GLOBALIZAÇÃO:

Introdução

A globalização ou mundialização é um processo de interação entre os países e entre os blocos econômicos. Há uma troca de culturas, estratégias pra melhorar a economia e a política. O mundo está cada vez menor.
As informações são passadas rapidamente. Assim, em qualquer lugar se sabe noticias de outros lugares e em tempo real. Os meios de comunicação (televisão, rádio, internet, por exemplo) facilitam o contato entre os países.
As culturas estão se unificando pelo compartilhamento de hábitos como na alimentação e na moda. A globalização muda a maneira que as pessoas vêem o mundo. Com o avanço da tecnologia as fronteiras entre os países estão cada vez menores.
Porém, a mundialização tem seu lado ruim. Por exemplo, a cidadania está cada vez mais rara. As pessoas querem, cada vez mais, obter lucro, e isso faz parte da visão capitalista.
A sociedade deve resgatar certos valores como a solidariedade. Em meio ao avanço da tecnologia e do capitalismo, as pessoas precisam criar consciência de que é necessário ajudar os outros.

        
globalização
Justificativa

O fenômeno da globalização não é recente. Desde 1492, através das grandes navegações e descoberta da América, houve a primeira interligação da Europa Ocidental aos mercados envolvendo o oriente da América. Alcançou a Revolução Industrial na segunda metade do século 18  na Inglaterra e no século 14, houve uma segunda globalização, impulsionada pelo capitalismo industrial e financeiro. Trata-se, portanto, internacionalização da economia de uma Revolução Tecnocientífica. Isto, segundo Milton Santos, “enfraquece os Estados nacionais e acirra a tensão entre o local e o global. “E pensando no local e no global, seria bom refletir sobre o poema e o título que o acompanha abaixo para compreender o fenômeno o qual vamos trabalhar:
Globalizacão:
“Quanto mais sonho com Cachoeira mais amanheço em Nova York”. Damário Da Cruz

 
globalização

Objetivos

1. Compreender a origem do fenômeno conhecido como globalização.
2. Analisar os aspectos positivos e negativos da globalização na vida das pessoas.
3. Relacionar a globalização no contexto social, econômico, político, cultural e ambiental.
4. Posicionar-se criticamente como cidadão no mundo globalizado, tendo referência os valores humanos. 




Problematização

    A globalização está presente nas coisas mais simples do nosso dia a dia, e interfere na nossa vida de diversas maneiras, como na cultura, política, economia e no meio ambiente, causando transformação na sociedade.
     A cultura sofre interferência das implicações trazidas pelo acelerado processo de globalização, uma vez que a disseminação da cultura não ocorre de maneira igualitária no mundo, a manifestação cultural de certos países sobretudo aqueles considerados centrais, sobrepõe-se à dos países ditos periféricos. É vantajoso o acesso à culturas diferentes o que permite conhecimento de costumes, religiões,  modo de vida. Porém a integração demasiada pode fazer com que haja uma padronização.
     A globalização é o cenário do desenvolvimento desigual. Ela é problemática e contraditória, dissolve espaços e tempos impõem ao individuo padrões e valores desconhecidos. Ao mesmo tempo em que perde raízes, se vê envolto em uma imensa multidão de solitários, satelitizados, eletrônica e desterritorializada. As mesmas condições que alimentam a interdependência e a integração sustentam as desigualdades e contradições em âmbito global.
     Surgiu de forma inesperada e descontrolada. Tem causado desemprego em certos países, desafia o poder tradicional dos governos e passa para as pessoas a sensação de que o mundo se transformou num ambiente selvagem do dia para a noite. Por mais que os estudiosos apresentem argumentos favoráveis a essa mutação econômica, a imagem que ela tem é a dos saques da Indonésia, dos desempregados na Europa e das empresas fechadas na Argentina.
     Essa forma de globalização favorece os países que concentram o poder econômico e diminui a autonomia política e decisória dos Estados, que, adotando uma inserção subordinada à lógica da “Nova Ordem Mundial” passam a reduzir impostos de importação, atacar conquistas sociais e sindicais e submeter suas políticas e legislações aos interesses dos países centrais.
     Embora os impactos sociais sejam semelhantes em escala mundial, são os países da África, America Latina e do Leste europeu que sofrem de forma aguda e acelerada as consequências dos programas de ajustamento econômico neoliberais do FMI e do Banco Mundial, agravando a pobreza e levando a miséria e o desespero para extensas camadas sociais.
    A globalização é um fator que tem exercido pressão negativa sobre o meio ambiente e que tem crescido com a globalização da economia é o comércio internacional de produtos naturais, como madeiras nobres e derivados de animais. Este comércio tem provocado sérios danos ao meio ambiente e colocado em risco a preservação de ecossistemas inteiros.
Apesar de facilitar a comunicação entre as pessoas, gerar empregos, trazer culturas de outros países, o desenvolvimento acelerado dos últimos está causando impactos ambientais, contribuindo para o efeito estufa, a destruição da camada de ozônio, a diminuição da biodiversidade, a inversão térmica, mudanças climáticas e diversos outros problemas com relação à poluição gerada pelas fabricas, carros, excesso de lixo, pelas construções e etc. Para grande parte da população a globalização é mais uma desvantagem pois como não possuem boas condições financeiras acabam sendo excluídos sofrendo com os impactos como fome, desemprego, falta de moradia e preconceito.
Um dos principais fatores, que tem conduzido para a corrida generalizada à globalização, tem sido um fenômeno das privatizações, um pouco por toda parte. Privatização das empresas públicas, por um lado, e da desregulamentação (reduzindo ou desmantelando os monopólios), por outro tem contribuído para o aumento da fluidez dos mercados da concorrência.
A globalização fez com que as pessoas perdessem valores, elas passaram a ser mais egoístas, valorizar o “ter” e não o “ser”, o que pode ser observado no nosso cotidiano. As pessoas se relacionam dependendo de suas condições sociais, o que é resultado de uma forma indireta da globalização que padroniza e influencia a sociedade. A mídia, por exemplo, criou uma padronização da beleza e a maioria das adolescentes, fazem de tudo para se enquadrar nesse perfil e por isso acabam adquirido doenças como a anorexia que pode levar a morte, atingindo assim principalmente os jovens que são os mais influenciados e os maiores consumidores.

  globalização


Fundamentação teórica

    Globalização ou mundialização é a interdependência de todos os povos e países. Os países são dependentes uns dos outros, pois os governos nacionais não conseguem resolver individualmente seus principais problemas econômicos, sociais ou ambientais. Notícias, moda e cultura são vítimas da globalização.
    Povos e sociedades que se misturam, trocam informações, culturas e o aperfeiçoamento, ao longo do tempo, das técnicas e espaços de lucro conduziram à globalização. Esse é um dos fenômenos mais importantes das sociedades contemporâneas, que é um processo econômico e social que estabelece uma integração entre os países e as pessoas do mundo todo. Através desse processo, as pessoas, os governos e as empresas trocam ideias, realizam transações financeiras e comerciais e espalham aspectos culturais pelos quatro cantos do planeta.
    Seu conteúdo passou despercebido por muito tempo, e hoje muitos economistas analisam a globalização como resultado do pós Segunda Guerra Mundial, ou como resultado da revolução tecnológica.
     Sua origem pode ser traçada do período mercantilista iniciado aproximadamente no século XV até o século XVIII, com a queda dos custos de transporte marítimo, e aumento da complexidade das relações políticas européias durante o período.
     Em meio à Segunda Guerra Mundial surgiu, em 1941, um dos primeiros sintomas da globalização nas comunicações: uma síntese noticiosa de caráter global constituindo-se na mais ampla rede radiofônica mundial. É tido então, como inicio da globalização moderna o fim da Segunda Guerra Mundial, sendo que as nações vitoriosas da guerra e as devastadas potências do eixo chegaram a conclusão que era de suma importância para o futuro da humanidade a criação de mecanismos diplomáticos e comerciais para aproximar cada vez mais as nações uma das outras. Nasceu então as Nações Unidas.
    A necessidade de expandir seus mercados levou as nações a aos poucos começarem a se abrir para produtos de outros países, marcando o crescimento da ideologia econômica do liberalismo, e abrindo também, as portas para a miscigenação das culturas.


Considerações Finais

Globalização como já foi dito, é um processo de aprofundamento de integração econômica, social, cultural, política e ambiental que trouxe uma série de mudanças benéficas que atingiu todo o planeta. Mas não podemos deixar de lado as conseqüências. São elas: o compartilhamento de informação e das necessidades básicas como alimento, moradia, educação, saúde, lazer e religião, que estão tornando o homem um ser sem identidade.
Por isso, pensem: no que a globalização tem atingido vocês? De que forma vocês permitem a entrada dela no seu cotidiano?
A globalização não beneficia a todos de maneira uniforme, por que beneficiou mais a uns do que a outros.
 

Globalização


Referências


http://pt.wikipedia.org/
WWW.suapesquisa.com.br
WWW.sociedadedigital.com.br
WWW.brasilescola.com
WWW.alunosonline.com.br
WWW.espacoacademico.com.br
WWW.mundoeducacao.com.br
WWW.adital.com.br

A Sociedade Global

As pessoas se alimentam, se vestem, moram, comuniam-se, divertem-se por meio de bens e serviços mundiais, utilizando mercadorias produzidas pelo capitalismo mundial globalizado.

Há, é claro, grandes vantagens em fazer com que tudo o que é trivial em alguns países, seja acessível para todos os outros. Mas, todos nós sabemos que, quem de fato necessita de todos os benefícios, acaba arcando com grande parte das despesas. Os ricos estão cada vez mais ricos, e os pobres cada dia mais pobres, eles só não se dão conta disso.

Um belo exemplo de mundo globalizado é a morte da princesa Diana, a própria.

Uma princesa inglesa com um namorado egípcio, tem um acidente de carro dentro de um túnel francês, num carro alemão com motor holandês, conduzido por um belga, bêbado de whisky escocês, que era seguido por paparazzis italianos, em motos japonesas. A princesa foi tratada por um médico americano, que usou medicamentos brasileiros.

 

Vídeo feito por Camila Rossi  :D

Boas notícias chegaram aos membros da sala, a partir do dia 25/05 (segunda feira) estarão sendo realizados os primeiros simpósios, porém o grande esperado pela turma só acontecerá no dia 28/05 (quinta feira) com o convidado Marcos Almeida de Souza - Geógrafo, Mestre em Geografia, para os alunos que não estiverem no teatro, o evento  poderá ser presenciado ao vivo dentro de suas respectivas salas com a presença de um professor. O site publicará todo o acontecido no teatro. Isso significa 'O trabalho está realmente começando'.


Charge!

E não é que a professora é a cara de Marta?    :D

Este blog é destinado ao registro do nosso progresso em relação ao tema: Globalização e Interferências.
Depois de muito trabalho, ainda teremos o show de Redação pra preparar.
Os nossos nervos serão de aço, a nossa paciência não terá fim, e no final de tudo, o sucesso nos aguarda!

Os trabalhos em grupo já foram entregues à Marta e estamos aguardando as notas :D

 


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Visitante número: